Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Governo acusado de falta de apoio às vítimas dos incêndios: "Estamos abandonados há 20 meses"

Movimento lança ação popular contra o Governo por falta de apoio às vítimas dos incêndios de 2017 no Centro.
Manuel Jorge Bento 17 de Junho de 2019 às 01:30
Nuno Pereira, do Movimento de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões, refere que há mais de mil pessoas que continuam sem casa e milhares de agricultores aos quais o apoio nunca chegou
Agregado familiar com três filhos viu pedido de ajuda à reconstrução da casa rejeitado por estar numa zona considerada de risco
Família com criança perdeu a casa de xisto nos incêndios e vive numa habitação amovível, após o apoio à reconstrução ter sido rejeitado
Capoulas Santos gere Agricultura
EN236-1 ficou conhecida como a ‘estrada da morte’
Floresta vai regenerando mas sem ordenamento
Entrega de casas reconstruídas vai sendo concretizada a pouco e pouco, apesar da polémica em torno dos apoios concedidos
Nuno Pereira, do Movimento de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões, refere que há mais de mil pessoas que continuam sem casa e milhares de agricultores aos quais o apoio nunca chegou
Agregado familiar com três filhos viu pedido de ajuda à reconstrução da casa rejeitado por estar numa zona considerada de risco
Família com criança perdeu a casa de xisto nos incêndios e vive numa habitação amovível, após o apoio à reconstrução ter sido rejeitado
Capoulas Santos gere Agricultura
EN236-1 ficou conhecida como a ‘estrada da morte’
Floresta vai regenerando mas sem ordenamento
Entrega de casas reconstruídas vai sendo concretizada a pouco e pouco, apesar da polémica em torno dos apoios concedidos
Nuno Pereira, do Movimento de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões, refere que há mais de mil pessoas que continuam sem casa e milhares de agricultores aos quais o apoio nunca chegou
Agregado familiar com três filhos viu pedido de ajuda à reconstrução da casa rejeitado por estar numa zona considerada de risco
Família com criança perdeu a casa de xisto nos incêndios e vive numa habitação amovível, após o apoio à reconstrução ter sido rejeitado
Capoulas Santos gere Agricultura
EN236-1 ficou conhecida como a ‘estrada da morte’
Floresta vai regenerando mas sem ordenamento
Entrega de casas reconstruídas vai sendo concretizada a pouco e pouco, apesar da polémica em torno dos apoios concedidos
Casas entregues sem água, luz ou esgotos, obras que avançam em locais onde nada existia antes dos incêndios de outubro de 2017 - que mataram 50 pessoas - e contratações públicas de serviços nunca executados. São alguns dos casos que levam o Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões - que defende as zonas do Centro do País afetadas - a lançar uma ação popular contra ... < br />
Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso ao e-paper, a todos os conteúdos exclusivos do site no pc, tablet e smarphone
Assine já 1 mês/1€
Para ler este e todos os EXCLUSIVOS DE HOJE no site por 0.60€ + IVA Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica

ou
UTILIZE O
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)