Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Herói de Riade e Super Dragão caçados em subornos

Abel Silva apanhado com membros da claque do FC Porto a viciar jogos da II Liga para negócio de apostas.
Henrique Machado e Magali Pinto 30 de Março de 2017 às 01:30
Abel Jorge Pereira da Silva, de 47 anos
Abel Jorge Pereira da Silva, de 47 anos
Abel Silva (à esquerda) foi o autor do primeiro golo na histórica final de 1989
Bruno Mendes, dos Super Dragões, com o chefe, ‘Macaco’
O suspeito, ontem preso, ao lado de Pinto da Costa
Abel Jorge Pereira da Silva, de 47 anos
Abel Jorge Pereira da Silva, de 47 anos
Abel Silva (à esquerda) foi o autor do primeiro golo na histórica final de 1989
Bruno Mendes, dos Super Dragões, com o chefe, ‘Macaco’
O suspeito, ontem preso, ao lado de Pinto da Costa
Abel Jorge Pereira da Silva, de 47 anos
Abel Jorge Pereira da Silva, de 47 anos
Abel Silva (à esquerda) foi o autor do primeiro golo na histórica final de 1989
Bruno Mendes, dos Super Dragões, com o chefe, ‘Macaco’
O suspeito, ontem preso, ao lado de Pinto da Costa
Riade, Arábia Saudita, 3 de março de 1989. Um pontapé fulminante à entrada da área da Nigéria, com o improvável pé esquerdo, colocou um jovem defesa-direito na história do futebol nacional. Fez o primeiro dos dois golos, na final, que consagraram Portugal campeão do Mundo em sub-20.

E estava assim lançada a carreira de Abel Silva, com longa passagem pelo Benfica, manchada agora, na reforma, por suspeitas de corrupção ativa. Aos 47 anos, terá subornado vários atletas da II Liga para viciarem jogos, perdendo, em favor do esquema de apostas nos resultados de jogos.

Abel foi constituído arguido, apurou o CM junto de fonte próxima dos Super Dragões, a claque do FC Porto que se viu também envolvida neste esquema, com a detenção de dois dos seus elementos. Em maio tinha sido ‘Aranha’, ontem chegou a vez de Bruno Mendes ser preso pela Unidade de Combate à Corrupção da PJ.

Além de Bruno Mendes, que corrompia atletas, foram ontem presos cinco jogadores. Tudo começa em empresários asiáticos, que compram resultados da II Liga para fazerem as apostas certas na internet. Usam intermediários, entre eles dos Super Dragões, a quem dão dezenas de milhares de euros para distribuírem por atletas.

Quando estes intermediários não conseguem chegar a jogadores, recorrem a outros, como Abel Silva, que cobra a sua comissão e convence atletas, por exemplo, do Oriental, a receberem luvas para perder jogos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)