Homem condenado a seis anos de prisão por balear funcionária que lhe negou sexo

Mulher foi atingida numa perna e ficou com sequelas permanentes.
Por I.J.|20.02.19
O Tribunal de Leiria condenou esta terça-feira a seis anos e meio de prisão o homem que atingiu uma funcionária a tiro numa perna, por ela recusar sexo, tendo ainda ameaçado de morte a mãe da vítima, dizendo depois às autoridades que a oficina de estofador tinha sido assaltada, em Pombal, em 2016.

José Nunes, 65 anos, conhecido por Zé Estofador, foi condenado por tentativa de homicídio simples agravada pelo resultado, coação e ameaça agravadas, dano, simulação de crime e detenção de arma proibida.

O arguido, que está em liberdade, foi ainda condenado a pagar uma indemnização de 50 mil euros à vitima, Mónica Raimundo, de 22 anos. A jovem foi atingida numa perna e ficou com sequelas permanentes, caminhando com muletas.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!