Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Homem detido por roubos a idosas em Peniche

Homem é suspeito de roubos por esticão ocorridos entre 18 de janeiro e 14 de fevereiro, na freguesia da Atouguia da Baleia.
Lusa 18 de Fevereiro de 2019 às 17:14
Algemas
GNR
Grades de Prisão
Algemas
GNR
Grades de Prisão
Algemas
GNR
Grades de Prisão
A GNR deteve um homem por roubos por esticão a idosas em Peniche, onde circula uma petição a pedir medidas para combater a insegurança após vários assaltos violentos neste concelho do distrito de Leiria.

O suspeito, de 52 anos, foi detido no domingo e vai ser presente na terça-feira a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Leiria, por estar indiciado de três roubos por esticão a idosas, refere a GNR em comunicado esta segunda-feira divulgado.

O homem é suspeito de roubos por esticão ocorridos entre 18 de janeiro e 14 de fevereiro, na freguesia da Atouguia da Baleia.

O homem subtraiu um telemóvel, uma carteira, uma mala e um total de 165 euros em numerário às vítimas, três idosas com 83, 87 e 88 anos, uma das quais teve de receber cuidados médicos, devido a uma queda resultante do roubo.

Uma petição na internet com cerca de 1.500 subscritores está a circular a pedir "medidas que combatam a crescente insegurança" que a população de Peniche "sente neste momento".

Entre elas, apontam para a necessidade de serem retomadas as patrulhas a pé entre as 17h00 e as 00h00, assim como o reforço dos efetivos das forças policiais e das patrulhas de carro nos restantes períodos do dia ou da noite.

Na petição, é também solicitado o aumento da intensidade da iluminação pública em "zonas escuras, propícias ao desenvolvimento da criminalidade".

Em comunicado enviado no dia 07 deste mês, o PS informou que se reuniu com a secretária de Estado Adjunta da Administração Interna, tendo exigido o aumento do efetivo da PSP e da GNR Peniche, sobretudo durante a época balnear, e a melhoria das respetivas condições de trabalho.

"O concelho, entre os meses de abril e outubro, tem uma afluência de turistas, que, no pico do verão, faz triplicar a população residente e conduz ao aumento de furtos", alertaram os socialistas.

Em janeiro, os vereadores do PSD na Câmara de Peniche enviaram também uma carta ao ministro da Administração Interna a pedir o aumento "urgente" do efetivo policial e a presença "mais assídua" nas ruas da GNR e da PSP para "devolver a segurança às pessoas e acabar com o clima de impunidade", alertando que o "Estado não pode continuar a falhar em Peniche".

Para os sociais-democratas, "não é aceitável" que os agentes da PSP em Peniche sejam inferiores a 40, quando "chegaram a ser 70".

PS e PSD alertaram para a ocorrência de assaltos a estabelecimentos comerciais, a pessoas na via pública e em habitações, um casal de idosos agredido violentamente na sua própria casa, o condutor de uma carrinha de distribuição de tabaco foi alvo de tiroteio em plena luz do dia, entre outras situações.

Em setembro, a assembleia municipal aprovou, por unanimidade, uma moção apresentada pelo PS, em que alertava para vários assaltos ocorridos e distúrbios junto aos bares da praia do Baleal, onde se verificaram dois tiroteios em noites distintas, resultando numa pessoa baleada.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)