Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Homem recusa pulseira eletrónica e vai para a prisão

Suspeito foi detido por violência doméstica contra a companheira em Sintra.
S.A.V. 13 de Junho de 2019 às 09:15
Prisão
Grades de Prisão
Serviços Prisionais
Prisão
Grades de Prisão
Serviços Prisionais
Prisão
Grades de Prisão
Serviços Prisionais
Um homem, de 57 anos, que em janeiro foi detido por violência doméstica contra a companheira recusou sempre os contactos para a colocação da pulseira eletrónica a que o juiz o obrigou e continuou a "importunar" a vítimas com telefonemas de números privados.

Foi agora novamente detido e posto em prisão preventiva, anunciou esta quarta-feira a PSP.

Os crimes ocorreram em Rio de Mouro, Sintra.

Com os constantes contactos do suspeito, a vítima andava "perturbada" e com "medo e receio".
juiz Sintra PSP Rio de Mouro crime lei e justiça prisão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)