Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Homem assassinado em Monsanto

Corpo seminu estava em avançado estado de decomposição.
Magali Pinto e Tânia Laranjo 25 de Julho de 2015 às 09:47
Polícia Judiciária está a investigar o crime
Polícia Judiciária está a investigar o crime FOTO: Pedro Catarino
O corpo encontrado na noite de quinta-feira em Monsanto (Lisboa) já estaria no local há cerca de um mês, apurou esta sexta-feira o CM.

O cadáver estava em avançado estado de decomposição e seminu. Trata-se de um homem de 49 anos, de nacionalidade brasileira, e as autoridades acreditam que tenha sido assassinado. Resta perceber agora os contornos do crime. O corpo foi largado em arbustos.

Agentes da Polícia Municipal estiveram no local, mas a Polícia Judiciária foi logo alertada. O cadáver foi retirado pelos agentes da automaca da PSP de Lisboa, que o levaram para o Instituto de Medicina Legal. Apesar do estado de decomposição, foi possível perceber que o corpo estava vestido apenas com umas calças e tinha umas sapatilhas calçadas. O caso está a ser investigado pela secção de Homicídios da Polícia Judiciária de Lisboa.
Ver comentários