Sub-categorias

Notícia

“Incêndios não foram uma prioridade do Governo”

Autarca de Braga diz que o Executivo tem sido passivo na questão dos fogos florestais.
Por Secundino Cunha|18.05.18
"O que sentimos é que, a um mês do início do verão, há muito por fazer em termos de prevenção e de meios. Apesar da dimensão das tragédias do ano passado, os incêndios não têm sido a prioridade do Governo." A afirmação é de Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga, e foi proferida na conferência desta quinta-feira da iniciativa ‘CM Não Esquece!’, que decorreu no Theatro Circo.

O autarca disse que "têm sido feitas algumas coisas, nomeadamente no âmbito da prevenção e ao nível da limpeza de matas", mas sublinha que "não estar tudo pronto, nesta altura, ao nível operacional para atacar os incêndios é muito preocupante".

A psicóloga Joana Amaral Dias defendeu que, atendendo à dimensão "inacreditável" das tragédias do ano passado, "o Governo não devia ter feito praticamente outra coisa que não fosse uma grande campanha junto das populações promovendo a coesão nacional e preparar todo o dispositivo de prevenção e combate, por forma a que não voltemos a assistir à ocorrência de mortes por incúria do Estado".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!