Queimadas entre as principais causas dos fogos até 15 de agosto

Incêndio de Monchique, distrito de Faro, destruiu uma área de 26.763 hectares.
Por Lusa|29.08.18

As queimadas foram a principal causa dos incêndios investigados entre 1 de janeiro e 15 de agosto, segundo do último relatório provisório de incêndios rurais do Instituto de Conservação da Natureza e da Floresta (ICNF).

Os dados do relatório apontam que entre 1 de janeiro e 15 de agosto foram registados 7.670 incêndios rurais, o segundo mais baixo dos últimos dez anos.

Até 15 de agosto de 2018, segundo dados do relatório, as causas mais frequentes dos incêndios foram o uso do fogo - queimadas, com 66%, e incendiarismo - Imputáveis, com 14%.

Do total de 7.670 incêndios rurais verificados este ano, foram investigados e têm o processo de averiguação de causas concluído (63% do número total de fogos - responsáveis por 17% da área ardida).

"Destes, a investigação permitiu a atribuição de uma causa para 3.421 fogos (71% dos incêndios investigados - responsáveis por 14% da área ardida), é referido.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!