Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Conheça a 'Reta de Coina', o local onde dezenas de mulheres pedem 20 euros por dez minutos de sexo

No mapa esta estrada chama-se Avenida 10 de junho, mas na boca do povo é conhecida por outro nome.
Diogo Carreira 24 de Julho de 2019 às 21:47
A carregar o vídeo ...
No mapa esta estrada chama-se Avenida 10 de junho, mas na boca do povo é conhecida por Reta da Coina.

A 'Reta da Coina' é um lugar conhecido de prostituição na zona do Seixal. Dezenas de mulheres estão todos os dias na estrada e pedem 20 euros por dez minutos de sexo. São agredidas e perseguidas por homens que dizem ser os donos do local, sendo que um dos quais está preso.

No mapa esta estrada chama-se Avenida 10 de junho, mas na boca do povo é conhecida por Reta da Coina, uma zona de prostituição, à luz do dia, à vista de todos.

São perto de três quilómetros onde mais de 20 mulheres, em média, todos os dias vendem o corpo. Não há conversa. É o mínimo indispensável. Quem por aqui passa sabe o que são estas cadeiras espalhadas ao longo da Reta da Coina.

São os lugares, muitas vezes marcados, onde estas mulheres passam o dia e chegam bem pela manhã. Pelas 9h00 ou 10h00 já é possível encontrar quem faça sexo em troco de dinheiro. O cliente chega e começa por perguntar os preços.

Os preços não variam, rondam os 20 euros para uma relação sexual de dez minutos. Há quem arrisque a ir para um hotel da zona, mas é raro estas mulheres arriscarem entrar no carro com desconhecidos e prefiram fazer de portas abertas.

Os relatos de agressões são comuns nesta zona. As mulheres dizem que há homens que aparecem com armas para ameaçar ou apenas para abusar delas.

Barreiro Coina Reta prostituição questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)