Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Maddie continua a ter vaga na escola

Colégio católico tem lugar reservado para a menina inglesa, na esperança que esta seja encontrada.
Pedro Zagacho Gonçalves 27 de Agosto de 2017 às 17:59
Maddie
Colégio De Lisle continua a ter vaga para Maddie
Kate e Gerry McCann
Maddie desapareceu em 2007 na Praia da Luz
Madeleine McCann
Kate e Gerry McCann
Maddie desapareceu em 2007 na Praia da Luz
Maddie McCann
Maddie
Colégio De Lisle continua a ter vaga para Maddie
Kate e Gerry McCann
Maddie desapareceu em 2007 na Praia da Luz
Madeleine McCann
Kate e Gerry McCann
Maddie desapareceu em 2007 na Praia da Luz
Maddie McCann
Maddie
Colégio De Lisle continua a ter vaga para Maddie
Kate e Gerry McCann
Maddie desapareceu em 2007 na Praia da Luz
Madeleine McCann
Kate e Gerry McCann
Maddie desapareceu em 2007 na Praia da Luz
Maddie McCann

Mesmo 10 anos depois do desaparecimento de Madeleine McCann, a menina inglesa continua a ter vaga reservada num colégio católico inglês. Antes de desaparecer, Maddie frequentava o Colégio De Lisle em Loughborough, em Leicestershire, no Reino Unido, e a escola continua a ter esperança que a menina seja encontrada.

Maddie teria hoje 14 anos e preparava-se para fazer os exames finais antes de ingressar no Ensino Secundário. A escola mantém-se otimista e apoia a família na esperança de que a menina ainda esteja viva, como conta o Reverendo Rob Gladstone, pároco local e um dos responsáveis pela escola.

"Ela iria entrar no 10.º ano e será sempre bem-vinda. Não há provas de que ela tenha morrido, pelo que continuamos a encorajar a Kate e o Gerry a terem fé, esperança, força. Perseverança e coragem", explica o Gladstone ao The Sun, acrescentando que todos os alunos rezam habitualmente para que Maddie regresse sã e salva em breve.

No Colégio De Lisle estudam também os irmãos gémeos de Maddie, Sean e Amelie, de 12 anos. O tio-avô de Madeleine, Brian Kennedy, chegou a ser professor e diretor da escola no passado.

Madeleine desapareceu em maio de 2007, na Praia da Luz, em Lagos. Tinha 3 anos. O dinheiro cedido pelo Governo inglês à polícia para as buscas está prestes a esgotar-se. Desde 2011 que as autoridades inglesas já gastaram mais de 12 milhões de euros nas buscas pela menina.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)