Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Militar apanhado a assaltar quartel

Soldado furtou 200 litros de gasóleo com a ajuda de cúmplice.
Ana Isabel Fonseca 3 de Abril de 2015 às 00:11
Ladrões atacaram durante a madrugada, na Escola Prática dos Serviços, na Póvoa de Varzim
Ladrões atacaram durante a madrugada, na Escola Prática dos Serviços, na Póvoa de Varzim FOTO: D.R.

O militar tinha já estado colocado na Escola Prática dos Serviços do Exército, na Póvoa de Varzim. Conhecia muito bem as instalações e, por isso, na madrugada de 28 de março, decidiu protagonizar um assalto. Juntamente com um cúmplice, civil, o soldado, de 20 anos, conseguiu entrar às escondidas no quartel e furtar dois bidões de gasóleo, num total de 200 litros. A dupla foi apanhada horas depois.

Os dois ladrões foram identificados. O caso está nas mãos da Polícia Judiciária Militar, que também já encaminhou o processo para o Ministério Público. "Paralelamente à investigação criminal, o Exército instaurou um processo interno de averiguações para se apurar exatamente o que aconteceu", disse ao CM o tenente-coronel João Góis Pires, porta-voz do Exército.

Os militares da Escola Prática dos Serviços do Exército foram alertados para o furto por volta das 04h00, mas já os suspeitos tinham conseguido fugir com os dois bidões carregados de gasóleo. A Polícia Judiciária Militar foi contactada de imediato e os assaltantes acabaram por ser rapidamente capturados.

O soldado – que tem a categoria de praça – está atualmente colocado em regime de contrato no Quartel da Escola Prática de Transmissões, localizado na cidade do Porto. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)