Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Mulher que esfaqueou companheiro em Guimarães acusada de homicídio tentado

Agressora esfaqueou o companheiro na cozinha do estabelecimento de restauração em Urgezes.
Lusa 20 de Setembro de 2019 às 18:47
Tribunal
Tribunal FOTO: Getty Images
O Ministério Público (MP) acusou de homicídio qualificado na forma tentada e de violência doméstica uma mulher que, em março, agrediu o companheiro à facada na cozinha do estabelecimento de restauração que exploravam em Urgezes, Guimarães.

Em nota esta sexta-feira publicada na sua página, a Procuradoria-Geral Distrital do Porto refere que o MP considerou indiciado que, ao longo de 15 anos de vida em comum, o casal teve várias discussões "motivadas por ciúmes" da mulher.

Segundo a acusação, a arguida, por várias vezes, atingiu o companheiro com murros e bofetadas.

Ainda de acordo com o MP, em 19 de março, na sequência de uma discussão a propósito de uma mensagem de telemóvel recebida pelo companheiro, a arguida "espetou uma faca de cozinha no abdómen do ofendido, com o propósito de o atingir em órgãos vitais e assim lhe causar a morte".

Uma morte que "apenas não aconteceu por motivos alheios" à vontade da arguida.

O MP formulou igualmente um pedido de arbitramento de uma quantia, a título de reparação pelos prejuízos patrimoniais e não patrimoniais sofridos pela vítima, em caso de condenação.
Ministério Público Guimarães Urgezes crime lei e justiça questões sociais julgamentos maus-tratos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)