Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Oito militares a vigiar paióis de Tancos "era o mínimo que poderia ser exigido"

Joaquim Vieira Esperança assumiu que militares nesta função passaram de 40 homens para oito desde 2007.
11 de Janeiro de 2019 às 08:59
Joaquim Vieira Esperança
Tancos
Militares
Tancos
Joaquim Vieira Esperança
Tancos
Militares
Tancos
Joaquim Vieira Esperança
Tancos
Militares
Tancos
O ex-comandante do Regimento de Infantaria de Tomar, coronel Joaquim Vieira Esperança, admitiu na Comissão Parlamentar de Inquérito ao furto de material militar em Tancos que o número de oito militares a vigiar os paióis nacionais era "o mínimo que poderia ser exigido".

"Oito militares, perante o grau de ameaça, era o mínimo que poderia ser exigido. Podia não ser o desejável, era o mínimo", afirmou o coronel que comandou entre 2013 e 2016 um dos regimentos responsáveis pelo patrulhamento dos paióis.

Segundo o responsável, o número de militares nesta função passou de cerca de 40 homens, em 2007, para oito.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)