Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Oito anos e meio de prisão por tentar matar mulher

Sentença conhecida em Vila Nova de Gaia.
Ana Sofia Coelho 23 de Abril de 2015 às 10:50
Crime ocorreu a 18 de junho do ano passado junto ao Hospital Eduardo Santos Silva
Crime ocorreu a 18 de junho do ano passado junto ao Hospital Eduardo Santos Silva
Um homem, de 35 anos, acusado de tentar matar a mulher à frente dos dois filhos menores foi esta quinta-feira condenado a oito anos e meio de prisão. O coletivo de juízes do tribunal de Vila Nova de Gaia deu como provado que a intenção do arguido, Carlos Duarte, era tirar a vida da companheira por esta ter pedido o divórcio. Ficou ainda provado que a mulher, de 34 anos, foi vítima de violência doméstica durante os 15 anos de relação.

O crime ocorreu a 18 de junho do ano passado junto ao Hospital Eduardo Santos Silva, onde a vítima tinha ido com os filhos menores do casal. O agressor esperou que aquela saísse para a esfaquear. Segundo o tribunal, a vítima só não morreu porque foi prontamente assistida.

O arguido, que está em prisão preventiva, não assistiu à sentença devido à greve dos guardas prisionais. A advogada de defesa já disse que vai recorrer da sentença, que considera excessiva.
matar homicídio mulher sentença vila nova de gaia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)