Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Cinco detidos por corrupção em Braga

Arguidos também estão acusados de administração danosa.
5 de Fevereiro de 2016 às 10:02
A Polícia Judiciária de Braga anuncia detenção de cinco suspeitos
A Polícia Judiciária de Braga anuncia detenção de cinco suspeitos FOTO: Secundino Cunha
A investigação da Polícia Judiciária (PJ) de Braga no processo de alegada corrupção na compra de autocarros pelos Transportes Urbanos de Braga (TUB) resultou na detenção de cinco pessoas, informou esta sexta-feira à Lusa fonte policial.

Um dos detidos é Vítor de Sousa, ex-administrador dos TUB e ex-vice-presidente da Câmara de Braga.

Detida foi também Cândida Serapicos, que foi vogal da administração dos TUB e adjunta do ex-presidente da Câmara de Braga, o socialista Mesquita Machado.

Além destes, foram ainda detidos dois representantes da marca alemã MAN e um diretor dos TUB.

Arguidos presentes a juiz
Os arguidos foram detidos na quinta-feira e serão levados a tribunal esta sexta-feira, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respetivas medidas de coação.

A fonte da PJ disse à Lusa que os arguidos estão indiciados dos crimes de corrupção no comércio internacional e administração danosa.

Em causa está o alegado pagamento de "luvas" aos administradores dos TUB por parte da MAN, na compra de autocarros.

Durante a administração de Vítor de Sousa, os TUB compraram 13 autocarros à MAN-Braga e 26 à MAN-Portugal.

Vítor de Sousa e Cândida Serapicos já refutarem as acusações, que classificaram de "calúnias", tendo ambos manifestado disponibilidade e "interesse" em prestar declarações ao Ministério Público.
Polícia Judiciária PJ Braga Operação TUB Transportes Urbanos de Braga Vítor de Sousa crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)