Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Paco Bandeira condenado a três anos e quatro meses com pena suspensa

Paco Bandeira foi esta sexta-feira condenado a três anos e quatro meses de prisão, com pena suspensa por igual período, pelos crimes de violência doméstica e posse de arma proibida.
13 de Julho de 2012 às 15:21
Paco Bandeira
Paco Bandeira FOTO: MIGUEL A. LOPES / LUSA

A juíza do Tribunal de Oeiras absolveu o cantor alentejano dos crimes de maus-tratos sobre a filha menor e de devassa da vida privada. A juíza recordou o sofrimento que a ex-mulher viveu durante doze anos. "Dúvidas não restam que Maria Roseta foi vítima de violência doméstica. Durante todo o julgamento, o arguido não mostrou qualquer arrependimento dos seus actos", disse a juíza.

No final da audiência, o músico mostrou-se irritado e não quis prestar declarações e ainda insultou os jornalistas chamando-os de "palhaços". Já Maria Roseta disse que ia festejar. "Isto é uma vitória para todas as mulheres que são vítimas de violência doméstica. Agradeço à Justiça por me ter apoiado".

O advogado de Paco Bandeira, Fernando Fernandes, não disse se vai recorrer da pena aplicada.

Paco Bandeira violência doméstica prisão suspensa cantor
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)