Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Pai e filho morrem afogados em tarde de pesca

Vasco Manuel Luís, 26 anos, queria salvar progenitor que escorregara. Morreram os dois.
23 de Junho de 2014 às 07:32
Eduardo e o filho Vasco Luís  perderam a vida quando pescavam na Praia da Vitória, sábado
Eduardo e o filho Vasco Luís perderam a vida quando pescavam na Praia da Vitória, sábado FOTO: DR

Vasco Manuel Luís viu o pai, Eduardo, a escorregar nas rochas no Porto Martins, na Praia da Vitória, na ilha Terceira, Açores, anteontem à tarde. E mesmo não sabendo nadar, lançou-se à água para resgatar a vítima. Não conseguiu. Ambos morreram afogados. Um pescador tentou salvá-los, sem sucesso. A família está inconsolável.

Os dois corpos foram resgatados pelos bombeiros voluntários da Praia da Vitória. Vasco Luís, de 26 anos, era jardineiro num hotel da zona e deixa órfão um filho bebé de um ano. O pai dedicava-se à pesca.

Segundo adiantou ontem ao CM o comandante Eduardo Arruda, dos bombeiros, tudo começou quando o pai, de 47 anos, decidiu ir buscar água. "O pai foi buscar água ao mar com um balde e caiu. O rapaz viu tudo. Lançou-se à água e acabaram por morrer os dois", recordou. O comandante acrescentou ainda que aquela zona não tinha muita ondulação e que pai e filho morreram porque não sabiam nadar.

Um pescador que estava na zona ainda entrou na água para tentar resgatá-los, mas sem sucesso. Os bombeiros empenharam mergulhadores, que encontraram os dois corpos pouco depois. O alerta às autoridades chegara por volta das 16h20.

Os corpos foram recolhidos e levados para a morgue do Hospital de Espírito Santo, em Angra do Heroísmo. Serão autopsiados hoje. Vasco vivia com a mulher e o filho de apenas um ano. Segundo moradores, a família está em choque com as mortes. Pai e filho decidiram passar a tarde de sábado a pescar chicharro. A notícia tomou toda a gente de surpresa. Há muito que ambos frequentavam aquela zona para pescar - mas nunca lhes tinha acontecido qualquer acidente. Vasco Manuel Luís tinha ainda um irmão mais velho. Viviam nas Fontainhas, a poucos quilómetros daquele local.

Vasco Manuel Luís Eduardo pesca afogamento morte Porto Martins Praia da Vitória Açores Terceira
Ver comentários