Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Pedro Dias acusado da morte de Liliane Pinto

Jovem morreu no passado mês de abril depois de seis meses a lutar pela vida.
Tânia Laranjo 10 de Julho de 2017 às 21:52
Pedro Dias está preso
Liliane Pinto e o marido, também vítima de Pedro Dias
Pedro Dias
Pedro Dias
Pedro Dias
Pedro Dias está preso
Liliane Pinto e o marido, também vítima de Pedro Dias
Pedro Dias
Pedro Dias
Pedro Dias
Pedro Dias está preso
Liliane Pinto e o marido, também vítima de Pedro Dias
Pedro Dias
Pedro Dias
Pedro Dias
Pedro Dias foi acusado do homicídio de Liliane Pinto, a mulher atingida a tiro na madrugada de 12 de novembro de 2016, durante o massacre de Aguiar da Beira.

A acusação do Ministério Público foi deduzida horas antes do debate instrutório do processo principal, que vai decorrer hoje no Tribunal de Trancoso e onde se discute a morte do militar Carlos Caetano e do marido de Liliane, Luís Pinto. Mónica Quintela, que defende Pedro Dias, vai tentar a anexação dos processos.

O objetivo é evitar dois julgamentos, já que estará sempre em causa uma pena de 25 anos de cadeia.

Pedro Dias tinha sido ouvido pela morte de Liliane em junho, mas recusou prestar declarações. Foi interrogado por videoconferência e conheceu as provas recolhidas pela PJ da Guarda. Não tinha sido acusado da morte de Liliane no processo principal porque, quando o despacho do Ministério Público foi proferido, a mulher, de 27 anos, ainda lutava pela vida. Esteve internada 5 meses, mas não resistiu aos ferimentos dos disparos na fatídica madrugada. Liliane terá sido obrigada a arrastar o corpo do marido antes de ser atingida.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)