Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

PJ detém suspeito de atear fogo florestal em Almodôvar

Homem de 29 anos ateou três focos distintos.
Lusa 14 de Setembro de 2018 às 18:05
Polícia Judiciária
Polícia
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia
Polícia Judiciária
A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta sexta-feira ter detido um homem, de 29 anos, por suspeita da autoria de um incêndio florestal em Almodôvar, no distrito de Beja.

Em comunicado, a PJ refere que, no dia 1 deste mês, entre as 15h00 e as 16h00, em Santa Cruz, no concelho de Almodôvar, o homem, "munido com um isqueiro, ateou três focos distintos, distantes entre si cerca de 20 metros, vindo a provocar um incêndio de grandes proporções, que consumiu entre 20 e 25 hectares de sobreiros e oliveiras".

A detenção do homem, servente de pedreiro, ocorreu na sequência de uma investigação tutelada pelo Ministério Público (MP) do concelho vizinho de Loulé, já no distrito de Faro.

Fonte da Diretoria do Sul da PJ disse à Lusa que o homem foi detido na quinta-feira e vai ser presente ao Tribunal de Loulé para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)