Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Portugal retoma formação de polícias da Guiné-Bissau

Ações estão divididas por várias áreas e vão ser realizadas nos dois países.
6 de Dezembro de 2014 às 09:22
Instrução está a ser ministrada por Portugal na Escola Superior de Polícia de Torres Novas
Instrução está a ser ministrada por Portugal na Escola Superior de Polícia de Torres Novas FOTO: Rui MIguel Pedrosa

Portugal está a retomar a formação de efetivos da Guarda Nacional (GN) e de agentes da Polícia de Ordem Pública (POP) da Guiné-Bissau que estava suspensa desde o golpe de estado de abril de 2012, disse à Lusa fonte diplomática.

As ações estão divididas por várias áreas e vão ser realizadas nos dois países, abrindo um novo capítulo "no âmbito da cooperação técnico-policial", acrescentou.


Um grupo de 18 efetivos (nove da POP e outros tantos da GN) iniciou esta semana instrução sobre policiamento de proximidade na Escola Superior de Polícia de Torres Novas, em Portugal.

Em Bissau, estão dois oficiais da Guarda Nacional Republicana (GNR) portuguesa que lideram uma ação de formação inicial de formadores para 10 agentes da POP, outros 10 guardas e dois instrutores do Centro de Formação das Forças de Segurança da Guiné-Bissau (centro de João Landim).

Após esta ação, a decorrer até dia 19, os 22 participantes estarão aptos a ser formadores nos módulos que vierem a ser lecionados no âmbito da cooperação técnico-policial.

As ações futuras estarão ligadas ao dispositivo territorial presente no país.

Para além da instrução, Portugal vai também entregar fardas e outros equipamentos (tais como algemas, apitos e coletes refletores) para 100 a 150 elementos das forças de segurança guineenses.

Portugal Guarda Nacional GN Polícia de Ordem Pública Guiné Bissau
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)