Português assassinado na Venezuela com dois tiros

Avelino Alves, de 60 anos, foi atacado quando abria a sua padaria, em Caracas.
Por S.A.V.|08.12.18

Avelino Alves, de 60 anos, emigrante em Caracas, na Venezuela, foi assassinado com dois tiros no peito por assaltantes que o atacaram quando estava a abrir a sua padaria.

De acordo com a imprensa local, o crime ocorreu pelas 05h00 locais (09h00 em Lisboa) de quinta-feira. Avelino acabara de chegar de carro à padaria Rosalva quando foi abordado por ladrões armados. A polícia investiga, mas terá sido baleado ao resistir. Os ladrões queriam a sua carrinha cinzenta. Morreu à chegada ao hospital, deixando mulher e filhos.

Avelino Alves foi o segundo comerciante português assassinado na Venezuela no intervalo de uma semana. Sábado, António Vieira, 58 anos, foi morto quando se preparava para abrir a sua frutaria, na ilha Margarita.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!