Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Português morto a tiro fez uma escola no Haiti

Filipe Fernandes foi assassinado a semana passada à saída de um banco em Saint Marc.
S.A.V. 4 de Abril de 2019 às 08:51
Filipe Fernandes foi morto
Sismo no Haiti em 2010
Filipe Fernandes foi morto
Sismo no Haiti em 2010
Filipe Fernandes foi morto
Sismo no Haiti em 2010
O português assassinado a tiro a semana passada à saída de um banco em Saint Marc, Haiti, estava naquele país a supervisionar a construção de um complexo escolar - no âmbito da recuperação após o sismo que matou mais de 100 mil pessoas em 2010.

Filipe Fernandes, originário do Algarve, mas que esteve emigrado na África do Sul e Texas (EUA), era arquiteto e voluntário numa organização de ajuda humanitária.

No dia 28, levantou os ordenados de trabalhadores e professores e foi assassinado com três tiros.
Saint Marc Filipe Fernandes Haiti Texas Algarve África do Sul EUA questões sociais demografia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)