Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Quatro guardas agredidos na cadeia do Linhó

Recluso agressor, que já esteve preso em Monsanto, ficou numa cela disciplinar.
Miguel Curado 5 de Janeiro de 2018 às 08:43
Cadeia do Linhó
Cadeia do Linhó
Cadeia do Linhó
Cadeia do Linhó
Cadeia do Linhó
Cadeia do Linhó
Cadeia do Linhó
Cadeia do Linhó
Cadeia do Linhó
Hilário Oliveira, recluso da cadeia do Linhó, em Sintra, que cumpre uma pena de 10 anos de prisão por agressões a agentes policiais, espancou um chefe e três guardas prisionais.

O ataque ocorreu na quarta-feira, durante o recreio. Hilário Oliveira agrediu um colega, o que levou à intervenção de um chefe e três guardas prisionais.

Um deles foi logo agredido a murro. Na tentativa de algemar do agressor, os outros três ficaram feridos, tendo um deles sofrido fratura numa mão. Os feridos precisaram de internamento. Hilário Oliveira, que já esteve preso em Monsanto, ficou numa cela disciplinar.
Hilário Oliveira cadeia do Linhó Sintra Monsanto recluso agressão guardas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)