Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Rio Arade espera por dragagens há 25 anos

Navegação de barcos entre Portimão e Silves está dependente das marés.
Rui Pando Gomes 26 de Dezembro de 2018 às 08:36
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
Barco solar faz passeios ecológicos no rio Arade, desde Portimão até Silves, tanto nos meses de verão como de inverno
O rio Arade espera por dragagens de fundo, entre Portimão e Silves, há mais de 25 anos.

Durante séculos este canal fluvial foi a principal via de comunicação com a cidade, que já foi a capital da região do Algarve. Agora, a subida e posterior descida está sempre dependente das marés e da profundidade do rio, que é pouco mais do que um metro. O Governo promete investir no Arade nos próximos anos.

Para aproveitar as potencialidades deste rio algarvio, foi feito um projeto há mais de 25 anos, para criar um canal de navegação seguro e fazer o aproveitamento turístico desta via fluvial.

"Estamos sempre dependentes da maré, da conjugação das estrelas e se estamos no verão ou no inverno. Só podemos subir o rio três semanas por mês", lamentou ao CM Pedro Mestre, da empresa Algarve Sun Boat.
 
Os autarcas de Silves recordam promessas antigas. "Há mais de 25 anos que o projeto de navegabilidade está feito, que prevê a revitalização das margens do rio e o aproveitamento do património", recorda Mário Godinho, vice-presidente da Câmara de Silves.

Já a presidente da autarquia, Rosa Palma, alerta o Governo para a "necessidade urgente de se fazer o desassoreamento do rio".

Barco solar faz passeios no verão e inverno
A Algarve Sun Boat é uma das empresas que está a investir nas potencialidades do Arade, usando um barco solar para fazer passeios turísticos no verão e no inverno. "Podemos apreciar a natureza e comunicar com os passageiros sem o barulho do barco", referiu ao CM Pedro Mestre.

Ministério do Mar promete investimentos
Questionado pelo CM, o ministério do Mar garante que o projeto em questão integra as prioridades estratégicas para a área do mar. Em 2019, deverá ser feito um levantamento prévio das dragagens necessárias, estando prometidos investimentos no rio para 2020 e 2021.

PORMENORES 
86 espécies de aves
O rio Arade é uma maternidade para várias espécies de peixes e um albergue natural para 86 espécies de aves.

Turistas deslumbrados
Os turistas que sobem o rio ficam deslumbrados. "É uma viagem fantástica até Silves para apreciar a natureza", confessou ao CM um casal belga, após um passeio de barco solar.
Ver comentários