Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Sete desalojados pelo fogo de Monchique recebem ajuda do Estado

São os únicos processos já aprovados, de 52 famílias que esperam por apoio ao alojamento.
Diana Santos Gomez 14 de Fevereiro de 2019 às 08:46
Fogo em Monchique
Fogo em Monchique
Fogo em Monchique não dá tréguas a populares e bombeiros
Fogo em Monchique não dá tréguas a populares e bombeiros
Fogo em Monchique não dá tréguas a populares e bombeiros
Fogo em Monchique
Fogo em Monchique
Fogo em Monchique não dá tréguas a populares e bombeiros
Fogo em Monchique não dá tréguas a populares e bombeiros
Fogo em Monchique não dá tréguas a populares e bombeiros
Fogo em Monchique
Fogo em Monchique
Fogo em Monchique não dá tréguas a populares e bombeiros
Fogo em Monchique não dá tréguas a populares e bombeiros
Fogo em Monchique não dá tréguas a populares e bombeiros
Mais de seis meses depois do incêndio que deflagrou em Monchique, no dia 3 de agosto de 2018, serão esta quinta-feira assinados os primeiros sete contratos, no âmbito do programa de apoio ao alojamento urgente ‘Porta de Entrada’, apurou o CM junto do Ministério do Ambiente.

Por concretizar continuam os processos de 45 famílias das 52 que viram as casas destruídas.

Além destes setes contratos, o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) tem, em fase final de instrução, mais duas candidaturas, enquanto oito foram devolvidas à autarquia por falta de elementos.

Nos sete contratos a assinar esta quinta-feira, a verba destina-se ao apoio ao arrendamento seja temporário (quatro casos) ou pelo prazo de 5 anos (os outros três), num valor total de 26 434 euros. Mas do total de 52 situações, a grande maioria (38) espera pela reabilitação das casas.

Ao CM, o Ministério do Ambiente garantiu que todas as situações ficarão resolvidas até ao final deste ano.

Em relação às queixas pela demora nos processos, denunciada pela população de Monchique, o ministério não respondeu, limitando-se a garantir que o IHRU analisa os processos "devidamente instruídos no prazo máximo de uma semana".

PORMENORES
Atribuição do dinheiro
Os sete beneficiários que assinam contrato, no âmbito do programa ‘Porta de Entrada’, vão receber a comparticipação mensalmente através de transferência bancária, sabe o CM.

Dois tipos de apoio
Dos sete contratos, três respeitam à ajuda ao arrendamento pelo prazo de 5 anos e quatro ao arrendamento temporário pelo prazo de seis meses, passível de prorrogação.

Autarquia de Monchique
O ministro do Ambiente acusou o município de "falta de dinâmica" neste processo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)