Sete desalojados pelo fogo de Monchique recebem ajuda do Estado

São os únicos processos já aprovados, de 52 famílias que esperam por apoio ao alojamento.
Por Diana Santos Gomez|14.02.19
  • partilhe
  • 0
  • +
Mais de seis meses depois do incêndio que deflagrou em Monchique, no dia 3 de agosto de 2018, serão esta quinta-feira assinados os primeiros sete contratos, no âmbito do programa de apoio ao alojamento urgente ‘Porta de Entrada’, apurou o CM junto do Ministério do Ambiente.

Por concretizar continuam os processos de 45 famílias das 52 que viram as casas destruídas.

Além destes setes contratos, o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) tem, em fase final de instrução, mais duas candidaturas, enquanto oito foram devolvidas à autarquia por falta de elementos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!