Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Terror em assalto a supermercado

Ladrão aponta pistola a três funcionárias e 10 clientes.
Miguel Curado 27 de Janeiro de 2016 às 09:38
Roubo ao Minipreço da rua Dona Filipa de Vilhena, em Lisboa, ocorreu à hora de almoço de segunda-feira
Roubo ao Minipreço da rua Dona Filipa de Vilhena, em Lisboa, ocorreu à hora de almoço de segunda-feira FOTO: Inês Lourenço
A azáfama da hora de almoço no supermercado Minipreço da rua D. Filipa de Vilhena, em Lisboa, foi interrompida pela entrada intempestiva de um homem armado. E seguiram-se cerca de dois minutos de terror – com funcionárias e clientes ameaçados pelo assaltante, que exigia dinheiro em tom ameaçador.

O assalto ocorreu às 13h00 em ponto de segunda-feira, quando no interior do supermercado Minipreço se encontravam três funcionárias a trabalhar nas caixas registadoras e perto de uma dezena de clientes a fazer compras. O assaltante vestia um blusão, estava encapuzado e empunhava uma arma de pequeno calibre (pistola). Ao que o CM apurou, começou por encostar a arma às funcionárias de serviço nas caixas registadoras.

Os clientes que se encontravam mais próximos foram também, de arma apontada, obrigados a manter-se afastados do local onde o assaltante se encontrava. Fonte policial adiantou ao CM que o homem forçou as três funcionárias a abrir as caixas registadoras. O homem terá então enchido os bolsos do casaco com notas, fugindo com uma quantia calculada entre os 900 e os 1000 euros.

Depois o assaltante escapou a correr, alguns minutos antes de três carros-patrulha da PSP terem chegado ao local do crime. A PSP criou um perímetro de segurança, enquanto uma equipa da Polícia Judiciária de Lisboa, especializada na investigação de roubos, recolhia provas no local. As vítimas foram interrogadas no sentido de tentarem identificar o autor do crime.

rua D. Filipa de Vilhena Lisboa PSP Polícia Judiciária de Lisboa crime lei e justiça crime polícia roubo
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)