Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Três hotéis vão nascer entre o Vau e a Prainha em Portimão

Custo ronda os 43 milhões de euros, devendo ser criados 400 postos de trabalho.
José Carlos Eusébio 13 de Fevereiro de 2019 às 08:44
Três hotéis vão nascer entre o Vau e a Prainha em Portimão
Três hotéis vão nascer entre o Vau e a Prainha em Portimão
Três hotéis vão nascer entre o Vau e a Prainha em Portimão
Três hotéis vão nascer entre o Vau e a Prainha em Portimão
Três hotéis vão nascer entre o Vau e a Prainha em Portimão
Três hotéis vão nascer entre o Vau e a Prainha em Portimão
Três hotéis vão nascer entre o Vau e a Prainha em Portimão
Três hotéis vão nascer entre o Vau e a Prainha em Portimão
Três hotéis vão nascer entre o Vau e a Prainha em Portimão
Três hotéis de luxo estão previstos para um dos raros espaços naturais ainda não urbanizados do litoral de Portimão, entre as praias do Vau e Prainha.

O investimento ronda os 43 milhões de euros, devendo ser criados 400 postos de trabalhos. O estudo de impacte ambiental encontra-se em consulta pública até ao dia 15 de março.

O projeto turístico abrange uma área de 31,7 hectares, situada a sul da via V3 (entre a rotunda Símon Bolívar e o acesso ao empreendimento turístico da Prainha), estendendo-se até ao mar.

Está prevista a construção de três unidades hoteleiras de 5 estrelas, com um total de 411 quartos, o que corresponde a 822 camas. Os edifícios terão três pisos de altura.

O loteamento tem como promotores as sociedades Astronow, MI Estoril Invest, Areia Feliz, Top Building e Prainha, estando previsto um prazo de seis meses para a execução das infraestruturas gerais e de 16 a 18 meses para a construção de cada um dos hotéis.

Segundo os documentos em consulta pública, "a principal área de cedência para o domínio público municipal é constituída pela faixa litoral", onde deverá ser instalado "um passadiço sobre-elevado, que permita ordenar os visitantes e reduzir o pisoteio de uma área com habitats naturais e espécies de plantas protegidas".

O projeto turístico insere-se num plano de urbanização que foi aprovado pela Câmara de Portimão em janeiro de 2008.

A atual presidente da autarquia, Isilda Gomes, disse ao CM que "as questões que forem levantadas na fase de consulta pública serão alvo de análise e no final a câmara tomará uma decisão".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)