"Excesso de velocidade" causa descarrilamento em Espanha

Acidente ferroviário provocou a morte de quatro pessoas.
13.09.16
  • partilhe
  • 0
  • +
Um técnico da comissão de investigação de acidentes ferroviários, Edmundo Parras, indicou hoje que "tudo aponta para excesso de velocidade" como causa do acidente ferroviário de sexta-feira em O Porriño, Galiza, que matou quatro pessoas e deixou feridas dezenas.

À entrada do tribunal de O Porriño (Pontevedra, Galiza, Noroeste de Espanha) - onde hoje de manhã serão abertas as caixas negras do comboio - Parras explicou que a função da comissão a que pertence é investigar "as fraquezas e debilidades" do sistema ferroviário. Tudo para "melhorar" o sistema e não para "encontrar culpados", acrescentou Parras, sublinhando que a investigação do órgão que integra é independente da investigação judicial.

As caixas negras do comboio - que fazia o trajeto Vigo-Porto, operado conjuntamente pela CP e pela espanhola Renfe - serão abertas na presença de representantes da CP, da Renfe e das gestoras das redes ferroviárias de ambos os países, a portuguesa Refer e a espanhola Adif.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!