Mês de julho está a ser o mais frio dos últimos 30 anos

De acordo com as previsões feitas, os próximos dias não serão mais quentes.
Por Lusa|21.07.18

O posicionamento do anticiclone dos Açores, que está deslocado para oeste em relação ao normal para esta época do ano, é o principal responsável pelos muitos dias de temperaturas baixas que têm caracterizado este verão.

O mês de julho foi até ao dia 18 o que teve o valor médio da temperatura máxima do ar mais baixo dos últimos 30 anos.

"Verifica-se que o valor médio da temperatura máxima do ar no período de 01 a 18 de julho apresenta um desvio em relação ao valor normal mensal de -1,6°C[graus Celsius], sendo até 18 de julho o valor mais baixo dos últimos 30 anos", de acordo com informação disponibilizada à agência Lusa pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Por exemplo, nos dias 12, 14 e 15 julho, as temperaturas máximas nas regiões do sul foram de menos quatro graus Celsius do que o normal.

Já nos primeiros 13 dias de junho, os valores de temperatura máxima tinham sido inferiores ao normal em todo o território. Contudo, seguiu-se um período quente, entre 15 a 25 de junho -- altura em que ocorreu uma onda de calor, na região norte e em alguns locais do centro - e um período normal, entre 26 e 30 de junho.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!