Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Avaria em avião afeta portugueses em férias na República Dominicana

Mais de uma centena de passageiros ficaram retidos em Samaná.
Beatriz Garcia e Edgar Nascimento 18 de Agosto de 2018 às 09:45
Avião da Orbest
Avião da Orbest
Avião da Orbest
Avião da Orbest
Avião da Orbest
Avião da Orbest
Cerca de 120 passageiros, a maioria portugueses, ficaram retidos mais de um dia em Samaná (República Dominicana), depois da companhia aérea Orbest ter cancelado o voo que tinha por destino Lisboa.

A viagem foi cancelada devido a uma avaria no aparelho que ia fazer o percurso Lisboa-Montego Bay (Jamaica), com ligação à República Dominicana, na quinta-feira, e que partiu de Lisboa com um atraso de sete horas, transportando 250 dos 385 passageiros que deviam embarcar.

Sem um avião disponível do outro lado do Atlântico, a Orbest decidiu cancelar o voo que devia aterrar esta sexta-feira, ao meio dia em Lisboa. Ao que o CM apurou, os 120 passageiros foram informados através de um representante da agência Soltour, na qual adquiriram os pacotes de férias. A empresa apresentou como alternativa um percurso de autocarro, que estava previsto para ontem ao final do dia, de Samaná para Punta Cana: 270 quilómetros e quatro horas de viagem. Seria a partir de Punta Cana que embarcariam com destino a Lisboa.

Esta situação não é nova na Orbest. Em 2017, o cancelamento de um voo República Dominicana-Portugal deixou 378 passageiros retidos na ilha caribenha.

O Correio da Manhã solicitou esclarecimentos à Orbest e à Soltour, que não responderam até ao final de sexta-feira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)