Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Bebés ‘Viva a Vida’ são o pulsar do País

Festa do Correio da Manhã decorreu em Viseu.
Luís Oliveira e Tiago Virgílio Pereira 22 de Março de 2015 às 09:13
Centenas de bebés foram protagonistas de uma festa de celebração da vida
Centenas de bebés foram protagonistas de uma festa de celebração da vida FOTO: Nuno André Ferreira

A gala ‘Viva a Vida’ que ontem esgotou o Multiusos de Viseu foi uma demonstração de esperança para o País. Mais de duas mil pessoas celebraram a vida na figura de centenas de bebés que nasceram no ano passado em 40 concelhos do Interior.

A festa, organizada pelo Correio da Manhã em associação com a Câmara Municipal de Viseu, foi um hino à vida e um grito de alerta para as consequências da baixa natalidade.

Coração bateu forte ao som dos artistas

Aterceira gala ‘Viva a Vida’ voltou a encher os corações de miúdos e graúdos ao som de música portuguesa. Marco Paulo encerrou a gala e fez vibrar o Pavilhão Multiusos de Viseu com o tema ‘Maravilhoso Coração’.

A festa, que é um hino à vida e que tem como principal missão promover a natalidade, começou com as músicas dos viseenses Coro Mozart. Ao longo da tarde passaram pelo palco Mónica Ferraz, Berg, Madame Limousine, Joana Amendoeira, Rodrigo Costa Félix e Anjos. Boss AC, autor do hino da CMTV, foi um dos músicos mais aplaudidos e acarinhados pelo público, que delirou com o tema ‘Sexta-feira (Emprego Bom Já)’. Já Marco Paulo, presente pela terceira vez consecutiva, prometeu "voltar para o ano".

O público correspondeu ao carinho dos artistas e cantou, bateu palmas e divertiu-se em mais

uma festa que vai ficar na memória de todos.

Grito de alerta para as consequências trágicas da crise da natalidade

O diretor do CM e da CMTV voltou ontem a alertar para os problemas consequentes da crise de natalidade que afeta Portugal há vários anos. Referindo-se ao ‘Viva a Vida’, o projeto editorial que criou há três anos, Octávio Ribeiro referiu que estes bebés refletem "o pulsar do País".

"É fundamental encontrar caminhos que deem confiança aos jovens para serem pais", adiantou Octávio Ribeiro, salientando também ser imperioso "criar condições para o regresso dos milhares de jovens forçados a emigrar devido à crise. Sem bebés não há futuro".

"Viemos à festa comemorar a vida"

Centenas de pessoas deslocaram-se ontem de vários pontos do País até à cidade de Viseu para participarem na terceira edição da gala ‘Viva a Vida’, que teve como palco o Pavilhão Multiusos.

A maioria dos pais e restantes familiares dos bebés ‘Viva a Vida’ viajaram de automóvel, e aproveitaram para conhecer a cidade de Viriato e assim passar um fim de semana diferente. Outros viajaram de autocarro, em forma de excursão. As autarquias patrocinaram a viagem, colocando à disposição vários autocarros. Foi o que aconteceu, por exemplo, com Mação e Sardoal. "Viemos à festa para comemorar a vida. Não podíamos faltar, apesar da viagem ser muito cansativa", referiu Carlos Sousa, salientando ser "uma grande alegria poder ver tantas crianças no mesmo espaço".

Viajaram até Viseu crianças nascidas em 2014 em Armamar, Constância, Alter do Chão, Penela, Meda, Alvaiázere, Torre de Moncorvo, Pedrógão Grande, Vila de Rei, Góis, Fronteira, Nisa, Sardoal, Figueiró dos Vinhos, Almeida, Avis, Gavião, Vila Velha de Ródão e Proença-a-Nova.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)