Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela

Trabalhadores querem discutir a proposta de regime de carreiras e o estatuto de aposentação dos bombeiros profissionais.
16 de Abril de 2019 às 12:42
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Bombeiros profissionais concentram-se em Lisboa e querem ser recebidos pela tutela
Cerca de 75 bombeiros estão esta terça-feira concentrados junto ao Ministério da Administração Interna (MAI), em Lisboa, esperando ser ouvidos pela tutela para discutir a proposta de regime de carreiras e o estatuto de aposentação dos bombeiros profissionais.

António Pascoal, dirigente sindical do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, expressou, na Praça do Comércio, a intenção de serem recebidos pelas 12:30 pelo secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves.

O sindicalista acrescentou que está à espera que cheguem a Lisboa mais dirigentes sindicais provenientes de todo o país, exigindo "respeito pela profissão", que considera ser "a única carreira na administração pública com cortes na aposentação".

A 22 de fevereiro, o Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa (STML) pediu uma reunião ao secretário de Estado da Proteção Civil "para aferir as propostas" relativas às carreiras dos bombeiros sapadores do Regimento de Lisboa.

A última reunião com a Secretaria de Estado da Proteção Civil ocorreu em janeiro, mas sem qualquer desenvolvimento em relação às propostas do sindicato e dos bombeiros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)