Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

"Cheque é crucial para o bem-estar animal": 21 municípios aderiram a iniciativa que ajuda animais em risco

Jorge Cid, bastonário da Ordem dos Veterinários (OMV) alerta para a importância do Cheque Veterinário.
Vanessa Fidalgo 17 de Abril de 2020 às 08:36
Jorge Cid é o bastonário da OMV
Jorge Cid é o bastonário da OMV FOTO: José Sena Goulão
Numa altura em que as famílias têm menos rendimentos, Jorge Cid, bastonário da Ordem dos Veterinários (OMV) alerta para a importância do Cheque Veterinário.

CM – O abandono de animais aumentou?
- À OMV ainda não chegaram sinais do aumento do abandono de animais. Tem sido preocupação transmitir a mensagem aos detentores de animais de companhia que não existe evidência científica da transmissão do vírus destes para o homem, tentando evitar possíveis abandonos por informações erróneas. Caso se verificasse, iria tornar a situação de todas as associações, abrigos e Centros de Recolha Oficial (CRO) mais grave, já que a maioria destes se encontra já em estado de rutura.

- A implementação do Cheque Veterinário é mais importante que nunca?
- O Programa Nacional de Apoio de Saúde Veterinária para Animais em Risco, conhecido por Cheque Veterinário, é uma iniciativa lançada pela OMV em 2017 e que surgiu exatamente para atenuar o flagelo que é o abandono de animais em Portugal. Tem por objetivo apoiar a esterilização de todos os animais abandonados que estão nos CRO e ainda ajudar em tratamentos médico-veterinários animais de famílias comprovadamente carenciadas. Perante o atual contexto, este programa, que já foi adotado por 21 municípios, assume especial relevância e pode mesmo ser crucial para a manutenção do bem-estar e saúde animal.

- Como funciona?
- Os Cheques Veterinários são atribuídos pelo município ou junta de freguesia aderente aos animais em risco por eles identificados e apenas podem ser usados num dos CAMV aderentes.
Jorge Cid Cheques Veterinários OMV Cheque Veterinário interesse humano animais saúde
Ver comentários