Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Farmacêuticos contra anúncio

Ordem pede suspensão da publicidade ao Calcitrin.
Cristina Serra 19 de Dezembro de 2015 às 16:07
A Autoridade Nacional do  Medicamento alerta que o produto não é um medicamento, não trata doenças
A Autoridade Nacional do Medicamento alerta que o produto não é um medicamento, não trata doenças FOTO: João Santos
A participação da cantora Simone de Oliveira no anúncio do suplemento alimentar Calcitrin MD Rapid levou a Ordem dos Farmacêuticos (OF) a avançar com uma providência cautelar para suspender a publicidade ao produto.

A Autoridade Nacional do Medicamento alerta que o produto não é um medicamento e não está isento de risco para a saúde, pelo que recomenda a não utilização para a prevenção ou tratamento de doenças.

Ao CM, Carlos Maurício Barbosa, bastonário da OF, explicou que a participação de Simone de Oliveira no anúncio "ultrapassou todos os limites". "Apela à compra do suplemento como presente de Natal. O produto não tem base científica e o anúncio não informa sobre os problemas que podem ocorrer."

Já Simone de Oliveira estranha a polémica, dizendo que outras figuras públicas "participam nos anúncios". A empresa diz-se disponível para "corrigir o que se prove ser inadequado".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)