Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

GNR cria primeira equipa de deteção de venenos

Uma das missões é verificar indícios de envenenamento em cadáveres ou animais.
19 de Novembro de 2015 às 16:28
Agente da GNR
Agente da GNR FOTO: Pedro Noel da Luz
A GNR anunciou esta quinta-feira a criação da primeira equipa cinotécnica de deteção de venenos em Portugal, composta por sete cães pastores Belga Mallinois, sendo uma das missões verificar indícios de envenenamento em cadáveres ou animais.

O capitão Ricardo Silva, do Comando-Geral da Guarda Nacional Republicana, disse à agência Lusa que esta equipa cinotécnica de detenção de venenos é pioneira em Portugal, está na Escola da Guarda em Queluz, mas pode deslocar-se a qualquer ponto do país.

Ricardo Silva adiantou que os cães são treinados para detetar os venenos mais comuns em Portugal e a equipa foi criada no âmbito do projeto "life imperial", de conservação da águia-imperial ibérica, no qual a GNR participa até dezembro de 2018.
GNR questões sociais crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)