Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Mais de 20 mil escuteiros no maior acampamento nacional de sempre

Jovens vão acampar em Idanha-a-Nova e recebem visita de Marcelo Rebelo de Sousa.
Lusa 29 de Julho de 2017 às 09:53
Escuteiros a celebrar o dia de São Jorge, em maio
Encontro de escuteiros na Lourinhã, em abril de 2017
Peregrinação de escuteiros a Fátima em 2016
Escuteiros a celebrar o dia de São Jorge, em maio
Encontro de escuteiros na Lourinhã, em abril de 2017
Peregrinação de escuteiros a Fátima em 2016
Escuteiros a celebrar o dia de São Jorge, em maio
Encontro de escuteiros na Lourinhã, em abril de 2017
Peregrinação de escuteiros a Fátima em 2016
Cerca de 21 mil escuteiros são esperados a partir de segunda-feira em Idanha-a-Nova no maior acampamento nacional já realizado em Portugal, que tem como tema "abraçar o futuro" para defender o ambiente.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, deverá comparecer na abertura do encontro, onde estarão 185 representantes de nove países estrangeiros, todos num clima que se espera que seja uma festa repartida ao longo de vários dias, até 6 de agosto.

A inspirar o tema está encíclica do papa Francisco "Laudato Si", uma crítica do consumismo e defesa do desenvolvimento sustentável.

O papel dos escuteiros no apoio ao combate aos incêndios estará também em destaque, afirmou à agência Lusa o chefe do Corpo Nacional de Escutas (CNE), Ivo Faria.

Para milhares de crianças e jovens entre os 6 e os 22 anos, deverá ser "uma festa ao longo de vários dias", com espaço para fazer novos amigos, várias atividades e ir para casa com vontade de prolongar o que se aprendeu sobre sustentabilidade do planeta.

"Procuraremos ser o mais verdes e sustentáveis possível", disse Ivo Faria.

O papel dos escuteiros no apoio ao combate aos incêndios tem sido, por sua vez, de "mobilização de retaguarda e apoio" às autoridades de segurança e às populações.

O campo tem um plano de prevenção e segurança contra incêndios que foi homologado pela Proteção Civil, que estará em permanência junto do acampamento.

São esperados 21.500 participantes, repartidos entre as quatro categorias dos escuteiros: Lobitos até aos dez anos, Exploradores/Moços até aos 14, Pioneiros/marinheiros até aos 18 e Caminheiros/companheiros até aos 22.

A apoiá-los estarão 3.800 adultos voluntários, que ajudarão a montar 4.000 tendas e a martelar as 32 mil estacas que as suportarão.

Dois supermercados, um restaurante e um serviço de autocarros vaivém com 80 veículos são alguns dos serviços montados à volta do acampamento, cujo início será marcado na noite de segunda-feira por uma cerimónia religiosa em que o campo receberá a imagem da virgem Peregrina do santuário de Fátima.

Fundado em 1907 pelo britânico Baden-Powell, o escutismo é o maior movimento de jovens do mundo, estando presente em 224 países e territórios e mobilizando 40 milhões de rapazes e raparigas.

O Corpo nacional de Escutas - Escutismo Católico Português foi fundado em 27 de maio de 1923 e apresenta-se como "a maior associação de juventude em Portugal", com cerca de 72 mil escuteiros, distribuídos por 1030 agrupamentos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)