Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Morreu Miguel Gaspar, diretor adjunto do Público

Jornalista morreu aos 54 anos vítima de cancro no pâncreas.
22 de Junho de 2014 às 12:29
Jornalista Miguel Gaspar
Jornalista Miguel Gaspar FOTO: Carlos Patrão / Record

Miguel Gaspar, director adjunto do ‘Público’, morreu na madrugada deste domingo aos 54 anos. Jornalista naquele jornal desde 2007, estava internado há algumas semanas com cancro no pâncreas.

Miguel Gaspar iniciou a sua actividade jornalística em 1986 após ter terminado o curso de Filosofia. “Troquei Platão pela secção de polícias do Correio da Manhã e de idealista passei a tarimbeiro”, disse na sua biografia.

Foi jornalista no Diário de Notícias e um dos fundadores do site da TSF, em 2000. Foi crítico de televisão durante dez anos (no DN, em O Independente e na Renascença). Em 2005, Miguel Gaspar foi distinguido com o prémio de Crítica de Televisão da Casa da Imprensa.

"O Miguel era um daqueles jornalistas cheios de cultura e capazes de escrever sobre o futuro dos media mas também sobre a América de Bush ou o Festival de Cinema de Cannes", recorda ao ‘Público’, Leonídio Paulo Ferreira, actualmente sub-director do Diário de Notícias. 

Morreu Miguel Gaspar diretor adjunto Público
Ver comentários