Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Nascimento de bebés aumentou no Algarve em 2018

Hospitais de Faro e Portimão registaram acréscimo de 58 bebés em relação a 2017.
Rui Pando Gomes 6 de Janeiro de 2019 às 09:44
Bebé e mãe
Bebé
Bebé
Bebé e mãe
Bebé
Bebé
Bebé e mãe
Bebé
Bebé
O número de nascimentos de bebés nos hospitais do Algarve aumentou em 2018. Segundo o CM apurou, foram registados mais de 4400 nascimentos nas três maternidades existentes na região.

Segundo dados fornecidos ao CM pelo Centro Hospitalar e Universitário do Algarve, de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2018, nasceram nas maternidades das unidades de Faro e Portimão 3805 bebés, o que representou um acréscimo de 58 bebés em relação a igual período do ano de 2017.

Já na maternidade do Hospital Particular do Algarve, em Faro, nasceram mais de 600 bebés, o que também representa um aumento em relação ao ano passado.

Dos nascimentos registados nas duas unidades públicas, 2445 tiveram lugar na maternidade de Faro e 1360 na maternidade de Portimão.

Segundo o CM apurou junto de fonte do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve, foi nos meses de outubro, julho e agosto que se registaram o maior número de nascimentos, com 346 em outubro, 344 em julho e 343 em agosto.

Quanto à tipologia de parto, dos 3805 nascimentos registados, 2753 decorreram através da prática de parto normal e 1052 de cesariana.

Já de acordo com os dados do Programa Nacional de Diagnóstico Precoce, vulgarmente conhecido pelo ‘teste do pezinho’, no distrito de Faro foram registados 4016 nados-vivos.

Os restantes bebés, apesar de terem nascido na região, terão sido registados e realizado este diagnóstico noutros distritos.
Ver comentários