Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Plataforma escreve carta aberta a António Costa defende comparticipação total para canetas de adrenalina

Documento serviu para pedir uma revisão neste tipo de medicação.
Lusa 4 de Junho de 2019 às 10:15
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa

A plataforma de apoio a doentes com alergias alimentares "Senhora Alergia" escreveu uma carta aberta ao primeiro-ministro a defender a comparticipação total no preço das canetas de adrenalina, à semelhança do que acontece com alguma medicação para doenças crónicas.

Em declarações à Lusa, Sofia Luz, explicou que a carta aberta serviu para pedir uma revisão da comparticipação das canetas de adrenalina, explicando: "os alérgicos alimentares correm risco de vida todos os dias e devem ser portadores de duas canetas de adrenalina em permanência".

"Elas só são comparticipadas pelo Estado a 37%, o que sai bastante caro aos doentes e por isso pedimos a comparticipação a 100%", explicou a especialista em imunoalergologia, que sublinha a necessidade de cada doente ter em permanência duas destas canetas.

Sofia Luz Senhora Alergia primeiro-ministro Estado
Ver comentários