Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Programa de empresas quer criar mil postos de trabalho até 2024 com ideias inspiradas no espaço

Instituto Pedro Nunes apoiou 30 'startups' na transferência de tecnologia e conhecimento do espaço.
Lusa 10 de Fevereiro de 2020 às 23:29
Universo
Universo FOTO: Getty Images
Um programa de incubação de empresas com ideias de negócio no setor do espaço espera criar mil postos de trabalho até 2024 em Portugal, duplicando o número de 'startups' que podem ser apoiadas, foi anunciado esta segunda-feira.

O Instituto Pedro Nunes (IPN) coordena desde 2014 o Centro de Incubação de Empresas da Agência Espacial Europeia em Portugal (ESA BIC Portugal), onde já apoiou 30 'startups' na transferência de tecnologia e conhecimento do espaço para setores com aplicação na Terra.

Nos primeiros cinco anos, o programa viu serem criados mais de 100 postos de trabalho, em empresas que em 2017 tiveram uma faturação de 4,6 milhões de euros, 78% assente em exportações, informou hoje o diretor de Inovação do IPN, Carlos Cerqueira, que falava em Coimbra, numa apresentação das novas oportunidades de financiamento para os próximos quatro anos.

Se antes eram apoiadas seis 'startups' por ano, o objetivo do ESA BIC Portugal passa agora por apoiar 12 empresas anualmente, contando com um apoio financeiro de 50 mil euros por projeto e apoio técnico e de negócio, referiu, salientando ainda a possibilidade de expansão da cobertura geográfica do programa, que neste momento conta com pontos de incubação apenas no Porto, Cascais e Coimbra.

O programa espera agora chegar a 2024 com um total de mil postos de trabalho criados em Portugal, contando para isso com as empresas que já foram incubadas e que, entretanto, cresceram, disse.

Como exemplo desse crescimento, Carlos Cerqueira apontou a Stratio Automotive, que já tem clientes como a Mercedes Benz e angariou cerca de três milhões de euros numa ação de captação de financiamento em Londres, ou a Findster, que cria coleiras com localização para animais domésticos e que já esteve "no topo de vendas da Amazon americana".

Para além do programa de incubação, surgem dois programas de apoio mais focados em empresas já estabelecidas, intitulados "Spark for Business" e "Spark for Tech", lançados esta segunda-feira e que dão um apoio de 50% para um investimento de até 50 mil euros para projetos de seis meses, afirmou o responsável.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)