Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Roupa hospitalar encontrada no lixo

Vários lençóis com o logotipo do Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, apareceram ontem depositados num caixote do lixo em frente ao Instituto Português de Oncologia (IPO) em Lisboa. As duas unidades hospitalares negam ter qualquer responsabilidade pelo sucedido.
22 de Dezembro de 2011 às 01:00
Lençóis depositados no lixo
Lençóis depositados no lixo FOTO: Helena Poncini

Ao CM, o assessor do HGO garantiu que a unidade "cumpre todos os requisitos relacionados com a gestão dos resíduos" e remeteu explicações para a Ambimed. A empresa assegurou que apenas presta serviço "de gestão de resíduos hospitalares perigosos, de risco biológico e químico, sem qualquer ligação ao sistema da gestão da roupa hospitalar".

Recorde-se que, recentemente, o Ministério Público abriu um inquérito para averiguar a existência do crime de propagação de doença contagiosa e do crime de furto, no caso do lixo hospitalar utilizado em roupa comercializada no Brasil.

ROUPA HOSPITAL LIXO GARCIA DE ORTA
Ver comentários