Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia

Apanham suspeito de homícidio com Pokémon Go

Homem surpreendido por militares quando assediava crianças.
Pedro Zagacho Gonçalves 14 de Julho de 2016 às 12:13
O jogo para smartphones Pokémon Go
O jogo para smartphones Pokémon Go FOTO: DR

O slogan de Pokémon "Apanhá-los todos", foi levado à letra dois Marines norte-americanos, que enquanto jogavam ao novo fenómeno Pokémon Go, capturaram um suspeito de homicídio em fuga, na altura em que estava a assediar crianças num parque, na Califórnia.

Os dois militares, Javier Soch e Seth Ortega, procuravam pokémon pelas ruas no jogo de smartphone, quando o telemóvel de um deles bloqueou. Repararam que um homem estava a assediar uma mulher e os filhos menores, em Fullerton, e intervieram. O homem alegou que estava a pedir um cigarro e seguiu caminho, sendo descoberto momentos depois a tocar e assediar um grupo de crianças.

Soch e Ortega contactaram as autoridades e imobilizaram o homem. Quando a polícia chegou para proceder à detenção, informaram os militares que o homem já era procurado por suspeitas de homicídio.

"Quando o Pokémon Go abre diz para termos cuidado com o que nos rodeia. Sigam esse conselho", diz Ortega ao Los Angeles Times. Já Javier Soch reforça: "Lembrem-se sempre que não estão dentro do telefone a jogar. Olhem à vossa volta e mantenham-se vigilantes."

Javier Soch Seth Ortega Fullerton Los Angeles Times crime lei e justiça crime homicídio polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)