Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
8

Descoberta zona do cérebro onde se aloja a esquizofrenia

Uma equipa de cientistas do Centro de Benito Menni de Sant Boi de Llobregad, em Espanha, identificou a zona do córtex córtex frontal médio como região do cérebro onde se localiza a esquizofrenia.
25 de Janeiro de 2010 às 22:15
Descoberta zona do cérebro onde se aloja a esquizofrenia
Descoberta zona do cérebro onde se aloja a esquizofrenia FOTO: d.r.

O estudo, publicado agora na revista ‘Molecular Psychiatry’, é apontado já como fundamental e de extrema importância na área da saúde mental, uma vez que não existe nenhum outro trabalho semelhante sobre esta doença.

Para efectuar a pesquisa, a equipa de investigação comparou o cérebro de 32 pessoas que possuem esquizofrenia com outros 32 indivíduos sãos, recorrendo a três técnicas diferentes de ressonância.

Uma das técnicas mede o volume de matéria cinzenta do cérebro, uma outra examina as ligações entre a matéria branca subjacente e uma terceira regista o padrão das actividades desempenhadas pelas diferentes partes do cérebro, isto enquanto os pacientes fazem teste de cognição.

O resultado de todas as técnicas foi idêntico: o córtex frontal médio dos pacientes com esquizofrenia apresenta anomalia.

Peter McKenna, investigador principal da equipa e um dos autores do estudo, salienta que estes resultados “são potencialmente importantes porque a convergência destas descobertas cerebrais, estruturais e funcionais sugerem que o córtex frontal médio podem indicar o local exacto onde se devem concentrar as investigações no futuro, permitindo saber as causas da esquizofrenia”.

A esquizofrenia, caracterizada por delírios, alucinações e alterações repentinas de humor, é um transtorno mental crónico e grave que afecta cerca de 1 por cento da população mundial.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)