Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
5

Descubra quem fala de si na Internet

‘Talkwalker Alerts', o ‘Google Alerts' e o ‘SocialMention' são algumas das aplicações que o podem ajudar a saber quem refere o seu nome online. Saiba como funcionam.
26 de Agosto de 2013 às 10:14
Há vários programas que podem ajudá-lo a descobrir se falam mal de si na internet
Há vários programas que podem ajudá-lo a descobrir se falam mal de si na internet FOTO: Getty Images

Há quem utilize as redes sociais para desabafar. Muitas vezes acaba-se mesmo por fazer ataques pessoais. Os patrões, chefes e a empresa onde se trabalha são, na maior parte dos casos, os alvos escolhidos. Aplicações como o ‘Talkwalker Alerts', o ‘Google Alerts' e o ‘SocialMention' ajudam-no a saber quem fala de si na Internet.

Antes destas novas formas de vigiar a reputação online era possível saber o que diziam sobre si na Internet através de uma pesquisa no Google, mas agora os resultados são mais pormenorizados. Consegue saber em que blogues, comentários, tweets e outro tipo de publicações se o seu nome é mencionado.

OS SITES QUE LHE PERMITEM SABER O QUE DIZEM SOBRE SI NA INTERNET

Com o ‘Talkwalker Alerts' pode vigiar o que se diz na Internet sobre o seu nome, marca, concorrentes, eventos ou qualquer outro tema que seja do seu interesse. Gratuita, esta aplicação, depois de se ter registado no site, envia-lhe para o e-mail ou feed RSS as últimas vezes em que mencionaram o seu nome na rede.

Já através do ‘Google Alerts' consegue configurar os alertas da Google para o avisarem, por e-mail, quando determinadas palavras-chave são referidas. À semelhança dos anteriores, o ‘Social Mention' e o ‘HowSociable' alertam-no, através por e-mail, sempre que na Internet se utiliza as palavras-chave que são do seu interesse.

Caso o Twitter seja a sua rede social de eleição pode utilizar o ‘BackTweets', o ‘Tweetdeck' ou o ‘Hootsuite'. Além dos alertas via e-mail, estes sites dão-lhe estatísticas sobre os tweets mais populares e outras informações sobre as pessoas a quem está ligado.

PAGAR PARA VIGIAR A REPUTAÇÃO ONLINE

Se não ficar satisfeito com os serviços prestados pelos sites gratuitos pode recorrer a aplicações pagas. O ‘Trackur', ‘SM2', ‘Radian6' e ‘ViralHeat' são alguns dos exemplos. Os preços rondam os 20 euros mensais.

DESPEDIDOS POR CAUSA DAS REDES SOCIAIS

Foi em maio deste ano que, pela primeira vez em Portugal, pessoas foram despedidas pelo que publicaram nas redes sociais. Os dois portugueses eram professores num colégio privado em Paredes e ficaram sem emprego depois de publicarem uma foto no Facebook.

Mas não é só por causa do Facebook que se pode ser despedido. Um jovem de 20 anos, no Canadá, foi perdeu o emprego depois de ter encomendado droga pelo Twitter. Já em Nova Iorque, EUA, um homem também ficou sem emprego por publicar o recibo de ordenado no Instagram. O seu objetivo, segundo explicou ao ‘DailyMail' no início deste mês, nem era criticar o salário que recebia, mas sim o elevado custo de vida em Nova Iorque. 

5 CUIDADOS QUE DEVE TER NO FACEBOOK

1. Confirme se tem as definições de privacidade adequadas;

2. Organize os colegas de trabalho e chefes por listas. Se não quer que vejam todas as suas publicações, coloque-os como conhecidos e não como amigos;

3. Aceite apenas pessoas que conheça e não amigos dos seus amigos;

4. Preste atenção ao que escreve e às fotos que publica;

5. Consulte as suas definições com frequência. As novas funcionalidades introduzidas nas redes sociais, às vezes, levam à sua alteração.

redes sociais internet Talkwalker Alerts Google Alerts SocialMention desabafos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)