Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

DE CANTOR DE RUA A ESTRELA DA POP

Há alguns anos, Nuno Norte palmilhava o País de guitarra às costas, cantando a troco de umas quantas moedas. Quis o destino que, desta vez, entrasse pela "porta grande" no mundo da música, ao sagrar-se vencedor da primeira edição do programa 'Ídolos' com 53,05 por cento dos votos, contra os 46,95 obtidos pelo segundo classificado, Ricardo Oliveira.
4 de Janeiro de 2004 às 00:00
 A cumplicidade entre apresentadores e concorrentes
A cumplicidade entre apresentadores e concorrentes FOTO: Pedro Catarino
Além do título de novo ídolo da pop, a vitória deu a Nuno Norte um contrato discográfico para a gravação do seu álbum de estreia (uma edição de platina, ou seja, 40 mil exemplares), agenciamento artístico e um actuação já garantida no Rock in Rio Lisboa.
Mas só a partir de agora a carreira musical de Nuno Norte irá arrancar 'a sério' e, por isso, o jovem só vai falar à imprensa dentro de alguns dias e já através da sua editora. À falta das palavras do filho, falou o pai do 'ídolo', José Silva. "Esta é a porta que se abre para ele poder concretizar o seu maior sonho", afirmou o pai de Nuno Norte, após ter felicitado o filho. "As minhas primerias palavras para ele foram: 'Agora, tens de ter força e coragem'. Acho que ele ainda está surpreendido e ainda não tem consciência plena de tudo o que o espera daqui para a frente", confidenciou ao CM.
MISSÃO CUMPRIDA
No final da emissão, que decorreu em ambiente de festa, num estúdio a abarrotar de fãs, claques e famílias dos elementos do júri, o director de Programas da Sic, Manuel Fonseca, era um homem satisfeito: "'Ídolos' foi o principal responsável pela liderança da SIC e pela dinamização da programação. Todos os que ajudaram a fazer este programa estão de parabéns".
Por seu turno, o concorrente Ricardo Oliveira, não esmoreceu com o segundo lugar. Aliás, o jovem do Entroncamento, tem razões de sobra para estar contente: "Em termos musicais, a minha participação neste programa correu muito bem. Além disso, já tenho uma grande proposta. Em breve, todos poderão ouvir o meu trabalho", revelou no final da derradeira emissão.
"Ficar em segundo lugar é uma grande vitória", garantiu o candidato que desde do início das galas era considerado um sério candidatos à vitória. "O primeiro lugar foi bem atribuído. O Nuno é um excelente artista e teve uma prestação muito regular no programa".
Entretanto, está agendada para a próxima sexta-feira uma gala especial de encerramento, na qual vão participar todos os finalistas do concurso. Mas quem ficar com saudades do programa poderá adquirir a partir do próximo dia 9 um livro e um DVD que reúnem os melhores momentos de 'Ídolos'.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)