Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

Dupla de realizadores grava louco Mundo Catita

São dois realizadores jovens, João Leitão, de 25 anos, da Individeos (Porto), e Filipe Melo, de 30, da Pato Profissional (Lisboa). Conheceram-se no Fantasporto e aceitaram a proposta de Manuel João Vieira, líder dos ‘Irmãos Catita’ e dos ‘Ena Pá 2000’, para realizar esta série televisiva de seis episódios.
28 de Dezembro de 2007 às 00:00
João Leitão lembra à Correio TV que realizar ‘Um Mundo Catita’ foi “uma ideia do Manuel João Vieira”. E explica: “Conheci o Filipe Melo no Fantasporto e decidimos escrever uma curta-metragem. De repente, tínhamos seis episódios e três horas da história do Vieira”. João Leitão caracteriza a série como “uma comédia dramático-musical”. E acrescenta, a rir: “Não sei se pela nossa falta de experiência, por sermos uns grandes amadores, começámos a escrever uma comédia, transformámo-la num drama e, nos últimos episódios, num musical”.
Fililpe Melo não está com papas na língua quando a Correio TV lhe pede que defina ‘Um Mundo Catita’. “É uma comédia que, como é com o Manuel João Vieira, pode ter momentos de terror verdadeiramente crónicos”, graceja. Além de produtor e realizador de cinema e TV, Filipe Melo é músico de jazz e professor no Hot Club de Portugal. Estudou música nos Estados Unidos.
Integram o elenco da série, apoiada pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual, Phil Mendrix e Gimba (Irmãos Catita), Duarte Barrilaro Ruas, Karley Aida, Jorge Silva, Gonçalo Portela, Pedro Cavalheiro e Joaquim Horta, entre outros. João Didelet faz dele próprio. Destaca-se ainda a actriz Ana Lúcia Chita, a dentista da fita que cativa Manuel João Vieira. Aliás, o protagonista, que se desdobra a actuar, cantar e até a fazer de Pai Natal, conclui: “Fiz isto por amor à camisola”.
MELO PRODUZIU CURTA-METRAGEM DE ZOMBIES PREMIADA NO FANTASPORTO: "HÁ SÉRIES DE TV QUE TÊM MUDADO A HISTÓRIA. ESTA NÃO"!
O humor de Filipe Melo marcou a antestreia da série ‘Um Mundo Catita’, no cinema S. Jorge, em Lisboa: “Esta série não é, de certeza, uma das que vai mudar a história da televisão”. O realizador brinca ainda, ao dizer à Correio TV: ‘Infelizmente, já tenho alguma experiência. Realizei dois trabalhos. Se tudo correr bem, não haverá o terceiro.” Filipe Melo estreou-se em 2003 com a curta-metragem de zombies ‘I’ll See You In My Dreams’, também com Vieira no elenco e considerado o primeiro filme de terror português.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)