Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

Multinacionais contra imposto sobre links

Google poderá acabar com serviço de notícias na Europa se a lei for aprovada.
Sónia Dias 3 de Dezembro de 2018 às 01:30
Gigantes da internet como a Google amealham milhares de milhões euros com notícias produzidas por jornalistas
Google
Facebook
Gigantes da internet como a Google amealham milhares de milhões euros com notícias produzidas por jornalistas
Google
Facebook
Gigantes da internet como a Google amealham milhares de milhões euros com notícias produzidas por jornalistas
Google
Facebook
É já em janeiro que o Parlamento Europeu vai votar na proposta de lei sobre direitos de autor na internet, conhecida como ‘imposto de link’.

Se for aprovada, multinacionais como a Google e o Facebook serão obrigadas a pagar cada vez que partilharem o link de uma notícia - ou um vídeo, no caso do YouTube. Da mesma forma, se esse link tiver muitos ‘cliques’, o autor também poderá reivindicar compensação financeira. O dinheiro servirá para financiar empresas de media responsáveis pelos conteúdos em questão.

Em setembro, Bruxelas aprovou, por 438 votos a favor e 226 votos contra, a nova legislação. Prevendo que o mesmo possa acontecer no início do ano, os gigantes tecnológicos ameaçam tomar medidas radicais. A Google, por exemplo, coloca a hipótese de acabar com o seu serviço de notícias na Europa.

Richard Gingras, vice-presidente da Google News, disse ao ‘The Guardian’ que a empresa só tomará uma decisão "quando ler o documento final", mas lembrou que, em 2014, quando Espanha quis avançar com uma taxa idêntica, decidiram encerrar o Google News no país, o que pode voltar a acontecer.

A aprovação da nova legislação "é um passo à frente na adaptação da UE às atuais regras de direitos de autor, para que melhor espelhem as novas realidades e modelos de negócios do século XXI", afirmou o eurodeputado alemão Axel Voss, acrescentando que os gigantes da internet têm amealhado milhares de milhões de euros em ‘cliques’ e publicidade sem que os dividam com os detentores de direitos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)