Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

Publicidade na TV estagnou em 2015

A preços de tabela, a TVI vendeu mais 7% e a SIC mais 15,5%.
Hugo Real 31 de Julho de 2015 às 09:11
Luís Marques, diretor-geral da SIC (à esquerda), estação detida pela Impresa, e Luís Cunha Velho, diretor-geral da TVI, que pertence  à Media Capital
Luís Marques, diretor-geral da SIC (à esquerda), estação detida pela Impresa, e Luís Cunha Velho, diretor-geral da TVI, que pertence à Media Capital FOTO: DR e Pedro Catarino
Entre janeiro e junho, as receitas publicitárias da SIC e da TVI estagnaram em comparação com os mesmos meses do ano passado.

De acordo com o relatório e contas da Media Capital, no primeiro semestre deste ano, os vários canais da TVI obtiveram receitas de 47,4 milhões de euros em publicidade, registando uma quebra muito ligeira (68 mil euros) face ao mesmo período de 2014.

Já os canais da SIC obtiverem proveitos publicitários de 45,9 milhões de euros, uma diminuição de 419 mil euros em relação ao período homologo, revela o relatório e contas da Impresa.

Estes valores da TVI e da SIC mostram uma estagnação das duas empresas privadas de media (os dados da RTP não são conhecidos) no que à publicidade televisiva diz respeito e contrastam com os indicadores já divulgados pela MediaMonitor.

A empresa do grupo Marktest, que analisa mensalmente as vendas publicitárias a preços de tabela (sem o impacto dos descontos feitos pelos canais aos seus clientes), aponta, para o mesmo período, crescimentos elevados.

De acordo com o estudo, a TVI, liderada por Luís Cunha Velho, vendeu mais 7% em publicidade nos primeiros seis meses do ano, enquanto que a SIC, comandada por Luís Marques, viu as vendas de anúncios crescer 15,5% no primeiro semestre. Contudo, os relatórios e contas dos dois grupos mostram que estas subidas não se refletiram em mais receitas e são uma prova de que o mercado publicitário não estará a registar um crescimento significativo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)