Sub-categorias

Notícia

Leia na íntegra a acusação do Ministério Público contra José Sócrates

Investigação da Operação Marquês descobriu um complexo esquema de corrupção e branqueamento.
12.10.17
A acusação do Ministério Público contra José Sócrates, Carlos Santos Silva, Ricardo Salgado e mais 25 arguidos revela um complexo esquema de corrupção e branqueamento de capitais. O antigo primeiro-ministro é acusado de ter beneficiado empresas do Grupo Lena, que em contrapartida lhe pagaram milhões de euros, através de rebuscados estratagemas.

O antigo governante contava com a ajuda do amigo Carlos Santos Silva para lhe fazer chegar dinheiro em numerário. Também Armando Vara, amigo de sempre e aliado político de Sócrates, terá ajudado a desviar milhões do projeto Vale do Lobo para contas na Suíça.

O banqueiro Ricardo Salgado é acusado de ter pago subornos milionários ao antigo líder socialista e também de corromper os administradores da PT, Zeinal Bava e Henrique Grandeiro. No total, Sócrates é suspeito de ter recebido 34 milhões de euros.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub