Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais C-Studio
6
Especiais C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Sesimbra avança para Estação Náutica

Candidatura para certificação do concelho como Estação Náutica de Portugal é encabeçada pelo município e assenta numa rede protocolada que envolve 22 parceiros, entre eles operadores marítimo-turísticos, alojamento, associações e escolas
25 de Julho de 2019 às 19:26
Se o concelho for reconhecido como Estação Náutica fica com a imagem fortalecida
Se o concelho for reconhecido como Estação Náutica fica com a imagem fortalecida

A Câmara Municipal de Sesimbra apresentou uma candidatura à Fórum Oceano – Associação de Economia do Mar com o objetivo de obter a certificação do concelho como Estação Náutica de Portugal. A obtenção deste reconhecimento é importante para garantir a qualidade do produto turístico e dos serviços prestados, acrescentar valor, criar experiências diversificadas ao visitante e fortalecer a imagem do território de Sesimbra.

Este processo dá continuidade à aposta da autarquia na promoção das atividades, direta ou indiretamente associadas ao mar, uma das principais fontes de riqueza e desenvolvimento do território, e é assumido no quadro da estratégia de promoção turística do concelho e no combate à sazonalidade, importante para o tecido económico.

Oferta de qualidade

Integradas no projeto Portugal Náutico, desenvolvido pela Associação Empresarial de Portugal em cooperação com a Fórum Oceano e um vasto conjunto de entidades, as Estações Náuticas são redes de oferta turística náutica de qualidade, organizadas a partir da valorização integrada dos recursos dos territórios, que inclui alojamento, restauração, atividades náuticas e serviços relevantes para a atração turística. O objetivo é dinamizar a fileira do turismo náutico em Portugal.

Neste momento, existem 16 Estações Náuticas e cinco em fase de análise, entre elas, a de Sesimbra. A decisão será anunciada em novembro. A certificação como Estação Náutica é válida por cinco anos, findos os quais é feita uma nova avaliação.